IWGIA
 
GAPK
 
 

Índios ocupam Assembleia Legislativa pedindo demarcação de terra

 

Cerca de 400 índios de 22 tribos baianas ocupam nesta segunda-feira, 29, a Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). O movimento tem o objetivo de cobrar acesso à educação nas tribos, além de reclamar da violação dos direitos e exigir demarcação de terras indígenas.

A ocupação tem participação de tribos como Pataxó,Tupinambá, Payayá, Tumbalalá, Kaindé e os Tuxá. Na última sexta, 26, lideranças dos povos Pataxós e Payayá se reuniram com o presidente da Assembleia, o deputado Ângelo Coronel (PSD), mas as pautas de reinvindicações não foram apresentadas.

Segundo Kâhu Pataxó, coordenador geral do Movimento Unido dos Povos e Organizações indígenas da Bahia, a reunião foi diplomática, convidando a Assembleia a participar do movimento. A ação faz parte do Acampamento dos Povos Indígenas no estado, que segue até o dia 31 deste mês.

"Nós viemos reinvindicar os nossos direitos. Temos sofrido vários tipos de retrocesso", conta Kâhu. A previsão é que mais 200 índios cheguem no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador até o final desta segunda, de acordo com Kâhu.

http://atarde.uol.com.br/bahia/noticias/1865080-indios-ocupam-assembleia-legislativa-pedindo-demarcacao-de-terra